A Conciliare Brasil oferece três métodos diferentes para solucionar suas dívidas jurídicas, sempre de acordo com o perfil do conflito e as pessoas envolvidas. Esses métodos são:

Conciliação: A conciliação pode ser mais indicada quando há uma identificação evidente do problema, quando este problema é verdadeiramente a razão do conflito – não é a falta de comunicação que impede o resultado positivo. Diferentemente do mediador, o conciliador tem a prerrogativa de sugerir uma solução.

Mediação: Na mediação, visa-se recuperar o diálogo entre as partes. Por isso mesmo, são elas que decidem. As técnicas de abordagem do mediador tentam primeiramente restaurar o diálogo para que posteriormente o conflito em si possa ser tratado. Só depois pode se chegar à solução. Na mediação não é necessário interferência, ambas partes chegam a um acordo sozinhas, se mantém autoras de suas próprias soluções.

Arbitragem: A arbitragem surge no momento em que as partes não resolveram de modo amigável a questão. As partes permitem que um terceiro, o árbitro, especialista na matéria discutida, decida a controvérsia. Sua decisão tem a força de uma sentença judicial e não admite recurso.

Por meio de reuniões, juntamente com as pessoas que solicitaram o auxílio de conciliação e o advogado dos envolvidos, o conciliador, mediador ou árbitro busca encontrar uma resolução que agrade ambas as partes. Chegado ao fim da negociação e a aprovação de todos, um termo de acordo com validade jurídica é emitido. Todo o processo ocorre somente com o consenso de todos os incluídos no conflito para que haja um meio tranquilo e realmente efetivo.

Utilizar os métodos da conciliação, mediação ou arbitragem é uma escolha inteligente para solução dos conflitos que muitas vezes levam anos ou até décadas para a decisão através do Judiciário.

A Conciliare Brasil garante a excelência na entrega de um serviço totalmente responsável, exigente e imparcial. Com profissionais capacitados para tratar com presteza e sigilo todos os casos e prontos para solucionar qualquer novo obstáculo que surja diante de um conflito. Faz sempre o que há de mais experiente para estabilizar e orientar os envolvidos, com o objetivo final de eliminar o conflito.